02 junho 2007

saturday's afternoon patchwork

all books are about loss

esta cidade está fora do controlo

nunca pensei em deixá-la até ao momento em que o fiz; de repente pareceu-me óbvio

o mundo já não nos pode fazer nada quando seguimos os nossos instintos

ser maduro é o mesmo que estar morto

não queiras descobrir tudo o que te vai acontecer

e depois foi o silêncio. (..) gastei-me.

[nas palavras de harmony korine, luis fonseca & samuel becket, john updyke, franz ferdinand, jonathan safran foer]

3 Comments:

Blogger Abssinto said...

Óptima manta de retalhos. Óptimo post, gi.

abraço

domingo, junho 03, 2007 3:03:00 da tarde  
Blogger Gi said...

autêntico, sentido.
por vezes, os meus olhos brincam com as palavras. retiram-nas do contexto, rearrumam-nas numa ordem misteriosa. fazem-nas, depois, reaparecer - mas o que vejo é já uma outra coisa, com um outro sentido. com O sentido, penso não poucas vezes. magia de feira, alquimia de cordel, ilusão quase demente - ou então poesia de outra maneira.
a voz de mim, feita de sons dos outros.
..
um abraço.
gi.

segunda-feira, junho 04, 2007 4:29:00 da tarde  
Blogger Abssinto said...

Continua.

segunda-feira, junho 04, 2007 11:23:00 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home